Construa seu próprio foguete!

Não foi dessa vez ainda que criaram uma forma dos cidadãos comuns realizarem viagens interplanetárias como nos filmes de ficção científica. Mas se você quiser soltar o Beakman que existe dentro de você, fica aqui uma boa dica: fazer foguetes com Menthos (isso mesmo, aquela bala que vende na doceria mais próxima da sua casa) e refrigerante.

O vídeo abaixo ilustra bem o processo da montagem do foguete. Os pestinhas responsáveis pela filmagem utilizam para o lançamento de cada garrafa, um drops inteiro de Menthos. Fora isso, a engenhoca exige todo o cuidado para inserir as balas no gargalo, fechar a tampa e apertá-la para dar aquela chacoalhada. Depois, com atenção redobrada, deve-se desrosquear um pouco a tampa e arremessar a garrafa contra o chão. Todo esse processo serve para ver uma garrafa de plástico voar alguns bons metros de altura.

Para que não haja maiores problemas, vale lembrar: a experiência deve ser realizada em áreas abertas. Caso a brincadeira seja realizada por menores de 16 anos, que seja supervisionada por um adulto responsável. Para o infinito e além!

outubro 2, 2006 at 9:18 pm 1 comentário

Pré-estréia de Homem-Aranha 3… na Santa Ifigênia

Num sábado desses, logo pela manhã, resolvi fazer mais uma de minhas peregrinações pela Rua Santa Ifigênia e suas extensões, popularmente conhecida como o centro dos eletrônicos de São Paulo. A paisagem da região, lotada daquelas edificações antigas, sujeira por todos os lados e milhares de pessoas se aglomerando nas calçadas e ruas traz em seu íntimo as maiores novidades e, muitas vezes, bizarrices da vida digital.

Neste último passeio, enquanto caminhava por cima do viaduto Santa Ifigênia, mais precisamente próximo às escadas de acesso do metrô São Bento, me deparei com um ambulante vendendo cópias “genéricas” de DVDs de filmes. Minha atenção foi fisgada por uma imagem, dentre aquele amontoado de capas, que há alguns meses atrás havia me deixado completamente extasiado: era o Homem-Aranha, um dos meus heróis prediletos, vestindo o uniforme negro.

Homem-Aranha 3, exclusividade da Santa Ifigênia

Olhei surpreso, mas acabei hesitando em perguntar. Parei e pensei comigo mesmo se aquilo não era alucinação, afinal, eu estava por lá desde cedo e já eram mais de três da tarde. Para piorar, eu não havia almoçado ainda e o Sol castigava a minha pobre cabeça calva. Dei meia volta para ir embora, mas não consegui conter minha curiosidade. Voltei para perto do ambulante e o questionei sobre “o produto”. Num tom sapiência, daquelas de malandro, o rapaz me olhou e respondeu: É o novo filme do Homem-Aranha!

Fiquei mais perplexo ainda. Bom, acho que até o próprio Sam Raimi, diretor e produtor da trilogia do aracnídeo, ficaria. E não é para menos, visto que a estréia mundial de Homem-Aranha 3 está prevista para 04 de maio de 2007 e, mesmo assim, já existem pessoas “vendendo” a cópia genérica do longa-metragem com 8 meses de antecedência.

Questionei o vendedor sobre o DVD argumentando que seria impossível haver cópias daquele filme por motivos mais do que óbvios, mas não adiantou. O rapaz bateu o pé e botou um ponto final no assunto dizendo que eu poderia levar uma cópia e, caso eu não ficasse satisfeito, poderia retornar aquele mesmo ponto do viaduto e procurá-lo para trocar por um novo produto.

Confesso que bateu aquela vontade de comprar uma cópia só para matar minha curiosidade e ver o que vem dentro da mídia. Ainda mais depois do ambulante me falar que o preço da unidade eram míseros R$2,00… Mas não perdi meu tempo, dei um tranco na minha consciência e resolvi não ajudar esta “causa” que serve apenas para pegar tolos e desinformados. Diante desses fatos, levanto duas questões para pensar: Vale a pena comprar produtos genéricos e correr esse tipo de risco? Será que é mais difícil ganhar dinheiro com a informação do que com a falta dela? Pense nisso!

setembro 29, 2006 at 2:00 pm Deixe um comentário


Arquivo

Visitas

  • 2,090 doidos